Sonhos... Pesadelos... Passado... Presente!

 

 

Adentrastes em minha existência e prometeste-me o universo.

 

Fez de teus olhos os meus, de tua pele a minha,

 

deu-me o néctar e apresentava-me para a alegria de viver.

 

Nos dias que se passaram tuas mudanças brutais ao mostrar-me ser peça jogada ao lado,

 

em momento de dores teu descaso em momentos de buscas tua ausência.

 

Não buscou por um instante mudar fazendo interpor tua forma de pensar

 

agindo como os ditadores sepultados pela humanidade.

 

Busquei dar-te luz, fé, saúde, cultura, um mundo novo um mundo de esperanças,

 

mas preferiu o silencio o descaso de deixou-me como se trapo fosse sem ao menos uma só silaba de diálogo

 

Se fostes meu leãozinho a quem acreditava poder esperar proteção,

 

amor ,companheirismo em um só gesto brutalmente decreta o fim,

 

deixando para trás um historia inacabada e fazendo fechar o coração e duvidar do próprio amor.

 

Mesmo assim agradeço a marca profunda que destes a minha alma

 

Cristal Solitário