SOMBRA MALIGNA

 

 

Bate as portas do coração tomado pela solidão, arromba todos os

 

sentimentos sem pudores lança a magia de sedução, faz juras de amor, de

 

honestidade, de fidelidade eterna.

 

Vai pouco a pouco tomando conta de cada canto, manipulando, fazendo um

 

jogo sujo com pessoas.

 

Deixando a vitima sozinha e totalmente em suas mãos, lança-se a planos

 

Medonhos, com seres sem moral e com eles promulga planos sórdidos.

 

Ah!Como pode existir algo assim? O abusar dos sentimentos de alguém é o

 

maior dos crimes, certamente contra o ser humano.

 

Aquele que se dispõe a usar o frágil e tirar proveito próprio, disto não pode

 

ser chamado de filho de Deus, qual crime haveria de ser maior do que

 

aquele que, vem e te rouba o sorriso, a vontade do próprio viver?

 

Que te humilha, fazendo se sentir um ser rastejante, que te vê apenas

 

como algo que possa ser usado e jogado fora, trocado, deixado para trás.

 

Algo que não mereça nem uma palavra, nem um gesto de gratidão.

 

 Como podem existir seres assim? Que ao invés de construir seu próprio

 

castelo acha mais fácil tomar os construídos?

 

Ah! Seres estes que habitam as trevas, e a pior delas, as trevas dos

 

humanos!

 

Não existe gesto pior que a ingratidão, e a ela somada pela traição, pela

 

mentira, pela falsidade, deixa as marcas da escuridão, mesmo entre

 

caminhos antes floridos.

 

Mas luz é luz, e ela sempre vence não se derrota aos embustes do mal,

 

porque a luz provém do Senhor dos senhores, do juiz dos juízes, e ele

 

certamente vai cobrar até mesmo estes seres, principalmente eles!

 

Se de tua vida faz caminho de trampolim para conquistas fáceis, aprenda o

 

caminho da verdadeira conquista enquanto é tempo, com o labor, e jogue

 

fora teu coração de revolta e coloque dentro dele a semente do amor!

 

Enquanto é tempo...

 

Cristal solitário