Soltando-me

 

Agora o mundo acolhe-me de forma diferente, o amanha é doce, mesmo

 

que a noite seja misteriosa, o medo se vai, a saudade se despede e toma

 

lugar o presente.

 

As bruxas que me dominavam o ser, se vão a procura de novas vitimas, as

 

dúvidas dia a dia sepultadas, dando lugar a um solo firme por onde posso,

 

sem nada temer peregrinar...

 

A minha pele se sente viva, o coração bate, o sorriso volta e exalo o aroma

 

do amor!

 

Renovo-me a cada momento a teu lado, nos instantes de entrega total, onde

 

transformamos-nos em um só, um místico de encantar a tudo ao nosso

 

redor!

 

A entrega dá lugar à luta , o medo a coragem , a morte a vida, tudo é arco-

 

íris entre cores tais que se enlaçam ao redor de nosso viver

 

Sem medo vamos avante existira por certo os invejosos os incapazes de

 

amar que muito ainda tentaram nos abalar

 

Mas somos tulipas selvagens, prontas a despontar mesmo entre os

 

rochedos, se fazer ai general e estarà postos sempre para a luta contínua,

 

pois nosso alimento simplesmente é o amor

 

 

Cristal Solitário

 

 


 

 
    
 

 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 




 

 

.