Sai pelo mundo

 

 

 

Como se fosse um peregrino, sai pelo universo, passos solitários a cada dia, uma procura que parecia sem fim.

 

Dias de sol e esperança, para mais ali adiante transformar-se em dias nublados,

 

sem cor, mostrando-me verdadeiras faces!

 

Conheci a indiferença, a traição, a dor, o esquecimento, a mágoa, a

 

falsidade.

 

Atirei-me frente, a Deus pedi  forças para suportar as dores apresentadas,

 

não pedi que me poupa-se, mas apenas as forças...

 

Os dias apresentados pelo senhor tempo, foi cuidadosamente sepultando o

 

passado, dando lugar ao futuro, mostrando-me pouco a pouco que o Sol

 

poderia voltar ,que o sorriso voltaria a minha face,

 

 e junto com ele, a esperança de amar e voltar a ser amado.

 

E em um destes dias que a gente acorda e sente que algo vai mudar surge você encanta-me pela gentileza me seduz com teus olhos

 

Faz-me de homem menino, devolve-me o sentido de vida, devolve-me a crença no arco-íris do amor!

 

Tu és o anjo picante que esperei, tu és minha vida agora!

 

 

Cristal Solitário