Reencontro de mim

 

Ah!

 

 Docinho vem...

 

 Vamos dançar, abra os céus e convide a lua, beijamos as estrelas

 

jogamos de lado nossas roupas e nus, partimos para esta noite

 

maluca de excitação e paixão.

 

 Docinho!

 

 Vem...

 

 Deixa disto, seja meu...

 

Entrega-me teu néctar, vamos saborear cada gotícula de amor,

 

 a ser extraído do interior de nossas almas!

 

Lança-me neste mundo sem tempo, desliga a luz e deixe que a

 

magia da noite, venha  iluminar nossas siluetas, entregues a esta

 

paixão que arde nossas entranhas!

 

Faz-me teu e  deixa te fazer meu.

 

 Sentir-te fazer de horas minutos,

 

 rasgar os relógios do tempo e  correr pelo mundo, gritar, beijar as

 

flores, cantar com os pássaros, aplaudir a vida!

 

Vem docinho!

 

Toma-me para ti, domina-me e ensina-me a te amar...

 

Quero  possuir-te e ser possuído...

 

 Faz-me escravo de teus desejos,

 

Deixa-me penetrar em ti, contorcer contigo neste sabor picante de

 

êxtase puro!

 

 Docinho!

 

 Vem...

 Encanta meu mundo, socorre meu coração e domina a fera que

 

esta dentro de mim...

 

 Vem docinho...

 

Vem...

 

 

CRISTAL SOLITARIO