Meu rei, meu senhor, minha vida!

 

Na magia da noite que nos aconchega,

 Encanto-me com teu corpo nu sob nosso ninho de amor...

Em um jogo de gozos múltiplos,

 Lanço meus lábios a teus pés como sendo meu rei,

 Saboreio cada um dos dedos a contorcer de prazer

 E deixo minha marca...

Subo com minha boca pelas suas pernas com gosto de canela,

 Os lábios seguem pelas suas cochas em gestos de vai e vem,

 Sinto-te meu rei e escravo nesta magia solta

 Levando-nos ao êxtase total...

Faço-te meu e você me faz teu...

 Horas se vão como se minutos fossem...

 O tempo agora não mais importa,

 Tudo lá fora parece ser somente nosso...

Contemplamos o universo que aplaude

O encontro de nossas almas,

 Em olhares trocados, juras de amor eterno,

 Saudação dos deuses do amor...

Fazemos nosso próprio olimpo

 E passamos a escrever a mais linda historia de amor,

 Testemunho vivo que, sendo amor, nada o vence,

 Derrotamos o medo, o preconceito...

Nada mais é obstáculo...

 O amor grita, saúda o futuro,

 sepulta o passado e perfuma o presente...

Amo-te meu leãozinho!

 

Cristal Solitário