Êxtase

 

 

Noite vem abraça-me, trás para meu ninho de amor uma de suas estrelas,

 

 

 me faz sentir bem perto de mim meu amor

 

 

Vem brisa encantadora roça minha pele sedenta me leva aos gritos de prazer incontido

 

 

Ah lembranças tomem a forma mágica do passado que se foi das noites intermináveis de gozos múltiplos

 

 

Ah sensação esta que tua distancia me faz, quero sentir o gosto de teus lábios de  tua pele

 

 

 com gosto de canela penetrar no azul do universo através de teus olhos

 

 

Quero senti-lo desde os dedos de seu pé até a pontinha de suas orelhas

 

 

Quero me lambuzar neste corpo entregue a mim de forma plena sem medos sem tempo

 

 

 entrega total  todos teus instintos jogados meio aos lençóis com aroma de jasmins

 

 

Ah estes pensamentos que me tomam o ser deixa-me louco as lagrimas queimam a alma

 

 

 o suor corre pelo corpo acordo e vejo-me

 

 

abraçado a teu travesseiro ao bichinho de pelúcia que me deste a porque acordar deste êxtase absoluto, por que...

 

 

Vem o dia ele é cruel e amargo você não voltou

 

 

 

Cristal Solitário