Eu, você, as estrelas!

 

Lanço-me na noite que envolve meu ser,

  

Mistério de teus olhos

 

 teu jeito assustado frente ao luar

 

 que toca tua pele nua

 

Caminha rumo às águas, lança-se nu, teu corpo tem o brilho das estrelas o brilho,

 

tua pele morena arde em desejo pela minha

 

Teus lábios tremem ao sentir os meus,

 

 entrega-se como refém de meus desejos,

 

 tomo-te e faço de ti meu escravo nesta noite

 

 que nos oferece o gosto picante da paixão, que domina nossas entranhas

 

Entrega mutua...

 

 Sente você o gosto de meu néctar e geme,

 

 entregando-se ao gozo que te faz de menino,

 

 homem realizado!

 

Lanço meus lábios em teu corpo, exploro cada cantinho levando-te ao êxtase,

 

 fazendo de ti mais uma estrelas a brilhar,

 

 neste céu que agora é nosso!

 

Cada orifício, sem pudor penetrado, saboreado cuidadosamente, deliciosamente...

 

 Nos torna únicos nesta mágica noite de encontro,

 

de corpos entregues ao prazer sem limites!

 

Saboreio teus pés, lançando meus lábios em cada dedinho,

 

e subindo suavemente entre tuas pernas, tomando para mim teu corpo

 

 Dou a ti meu doce néctar e devolve-me com teus lábios, selando este nosso doce encontro!

 

 Agora sou eu, você, e as estrelas...

 

Vamos nos amar a luz do luar, e deixe o tempo falar,

 

 vejamos o que o universo tem a nos reservar!

 

 
Cristal Solitário