Amor selvagem

 

 

Quero dominar teus poros

Compensar tua espera

Sentir teu corpo

Saciar-te sem pudor

 

Minhas mãos te acariciam

Minha boca se entrega sem demora

Sou teu macho a te levar

Entre estrelas em noite de luar...

 

Suba em meu alado...

Vamos conhecer os jardins prometido aos amantes

Agora, eterno é nosso amor...

E em nosso recanto escolhido

Conheceremos todas as formas de amor

Pois só quero amar-te!

 

Cristal Solitario

<Poeta dos Sonhos>