Ai de novo...

 

 

Quando os olhos se preparam para observar outros horizontes...

 

Quando a dor que provocastes em meu ser começa a ser curada...

 

Quando as feridas do descaso da tua traição começam a ser cicatrizadas...

 

Lá vem você com  passos de menino homem,

 

bate nas portas de minha alma, olha-me com teus olhos da cor dos céus...

 

Toca teus lábios em minha pele e devagarzinho vai sugando-me,

 

 saboreando cada partícula,

 

  leva-me ao êxtase

 

Lança-me entre nossos lençóis, faz de mim teu senhor,

 

 entrega-se a meus carinhos e com tua fala doce e sensual pede-me perdão.

 

Ah... Que força tem você, ai este sabor que me alucina,

 

 como domina meus poros e joga-me neste poço de sabor inigualável

 

Agora lá estou, somos um só agora .

 

 Promessas e  as juras de amor eterno renovadas,

 

 apaga-se tudo, sepulta-se o passado e fazemos do futuro

 

nossa casa de amor, reconstruímos nosso castelo

 

voltamos a ser senhores de nossos sonhos!

 

Agora sou teu e você meu...

 

 Manhãs, tardes e noites de gozos múltiplos avançamos pela eternidade...

 

 

Cristal Solitário