Por quê?

Sofro com esta solidão dominante, mas ao mesmo tempo a uso como protetora contra a invasão dos abutres do amor.

como poderei desgarrar-me dela?

Se a pele queima-me com o fogo da paixão, como deixar de sonhar com nosso primeiro beijo, se busco nos céus o entendimento de tua demora?

Como poderei entregar-me a escuridão, se mesmo sem ter-te  em meus braços, já entreguei-te a alma, como poderei a esta altura proceder a fuga?

Enfim, rasgo ainda a pouca roupa que me toma a pele e, nu, deito-me em meu jardim e meio as flores que me contemplam, aguardo-te!

Tu és agora minha ultima fonte de vida e esperança  de poder voltar a voar como fênix junto de ti pelos céus te todos os continentes.

A ti entregarei as chaves de meu coração e nele os segredos mais íntimos de um cristal que te espera a muito para simplesmente amar e ser amado.

Se as flores se fazem presentes, se o sol sorri, se a lua se faz senhora, se as estrelas estão comigo, agora só você me falta para que meu universo seja perfeito!

 

Cristal Solitário

 

 

 

 

Tutoriais Denise Worisch

www.pspcyber.com.br

 

 

Respeite os credito ao repassar.

Obrigado