Lá vem ele...

 

Mais uma vez desponta majestoso sob o oceano e as montanhas: o senhor astro Rei Sol...

Enfim, anuncia-se mais um período de horas chamado de dia, os pássaros na minha varanda ao oferecer-me seu canto raro, a beleza exuberante do mar, as flores exalam o aroma delicado que encanta os seres de luz que, ao meu redor, se fazem presentes... meus animais correm como crianças...

Mas, em minha face, a lagrima, esta que se apodera de meu ser porque você aqui não esta, e, tudo ao meu redor, por mais belo que possa parecer, torna-se sem sentido, sem cor, a motivação, se vai e fico aqui, sentado à espera que, rapidamente, a senhora noite se apresente.

 Assim logo poderei sonhar novamente e acordar com a esperança de encontrar-te ao meu lado.

 Hoje acordei e não te encontrei...

 Venha logo socorrer-me anjo picante!...

 

Cristal Solitário