Encontrei-te

 

 

Olhos nos olhos,  encontro  de almas se faz, brilho e encanto, afinal frente a frente.

Lábios tocados explosão de sentimentos, sabor tuti fruti, aroma de amor no ar.

A natureza para e contempla os apaixonados, as flores se de brocham,

damas da noite  com o perfume único dos amantes.

Juras feitas baixinhas ao ouvido, caricia no tórax no jogo de sedução

encontro do leito encantado, roçar dos corpos nus

sob a única contemplação do grande oceano, onde recebem a luz da lua,

 silhuetas em movimentos frenéticos que sem limitações lançados ao êxtase total.

Como vulcões adormecidos, surgem frente ao contexto do universo

e a ele apresentados como anjos amantes.

Os lábios a oferecer o sabor de mel, a face a paz, as mãos a segurança,

o peito o aconchego, a fala o carinho, as pernas a firmeza,

esta junção marca o inicio do amor esperado e descrito pelos poetas,

e mestres do sentimento único.

Enfim o amor marca sua presença e não repara corpo, sexo,

e os dois gritam..... Nos amamos sim e dai?

 

 

 

Cristal Solitário

Poeta dos Sonhos

 

 

(Estou na campanha - Eu valorizo o artista da net)

Arte e tutorial By Neia

Musica: Papas da lingua - Eu sei

 

 

 
 
 
  

Livro de Visitas
Menu Poesias
Próxima Poesia