Desabei...

 

Forças aonde te busco?...

Ai a dor do coração é grande demais,

e você solidão a quem me entreguei como refugio

agora me leva de vez ao encontro de um abismo desconhecido.

Meu castelinho de sonhos, feito com amor, dedicação e respeito,

castelinho de encanto,

tudo desaba ao meu redor,

pois agora me falta a vontade de prosseguir...

Quanto tentei, um mundo regido pelo amor,

 conhecer enfim aquele a quem viesse entregar o meu castelinho,

 meus lábios, e minha alma,

deparei-me só com uma gente amarga, exclusivista,

que pensa somente em momentos

e as vezes age pior que animais no próprio cio

 tantas noites olhei para as estrelas

e fiquei a pensar aonde estaria enfim meu anjo picante.

Hoje meu castelinho de sonhos começa a ruir,

a esperança é tocada pelo desânimo e pela descrença

de que ainda poderei um dia conhecer meu ultimo grande amor...

Recolho-me dentro das trilhas da solidão

e em meu refúgio não deixo marcas,

a não ser a saudade nos corações apaixonados como o meu!

 

Cristal Solitário

<POETA DOS SONHOS>