Deixe disto Vai...

 

 

Quero você, agora...

 Amanhã, sempre...

Deixe-me sentir o sabor de sua pele,

penetrar em seus segredos,

 fazer a sua alma transpirar

e pedir entre soluços:

mais... mais... mais...

Quero roçar minha pele na  sua

e, sem pudor, entregar-me,

como se fosse seu próprio instinto;

sentindo seu sabor, calor...

Entregando-me,

para ser saboreado por você...

Champanhe, morangos...

Nossa piscina, nossa noite-menina;

nossa madrugada-amante;

nossas carícias, levando-nos ao  êxtase,

entre gozos e juras de amor,

os corpos se saciam...

Você olha para as estrelas e grita:

“dane-se o mundo, eu quero você...”

As almas se entregam, agora...

Enfim, somos um só...

 

Cristal Solitário

 

 

 

Tutoriais Denise Worisch

www.pspcyber.com.br