A última vez!

 

Levanto-me do sarcófago dentro do qual escondi minhas frustrações.

Busco por entre os bosques, da onde vem o aroma das damas das noites - solitárias como eu - a força para minha última investida.

Adentro a gruta do Mestre e, lá, me visto com a armadura que Ele fez para proteger-me dos mentirosos, falsos, medíocres, covardes, vendedores de ilusões... Seres que desprezam o amor, apenas em busca do prazer incontrolável...

 Sigo avante, enfrentando-os com a força do amor e da verdade e, com a cabeça erguida, sem a nada temer e a ninguém dever, grito em alto tom: Sou um homem capaz de amar outro homem, sim!

Busco-te, anjo picante, em meio a estas trevas, para que, de mãos dadas, possamos, enfim, semear o grande exemplo de amor entre todos...

Abre passagem quem vós pedis... É o AMOR!

 

Cristal Solitário

 

 

 

 

Tutoriais Denise Worisch

www.papcyber.com.br