Aroma de amor!

 

Vem de mansinho, toma minha boca,

 Toca minha pele,

 Viaja com teus lábios de mel entre meus poros com teu beijo

 Rouba-me o ar...

Com teus braços, me segura ao encontro do teu peito

Que transpira pelo anseio do prazer...

Joga-me na cama, domina-me com teus olhos

 E lanço-me a saboreá-lo

 Meus lábios tremem pelo prazer incontido de sentir tua pele

E viajo em teu corpo...

Luz na penumbra...

 A música a contemplar o som vindo do mar

E começo a saboreá-lo, do dedo dos pés ao encontro de nossos lábios...

Sensações que me leva ao clímax de sentir-me, ao mesmo tempo,

 Sendo possuído e possuindo

Neste encontro de nossas peles, pouco importa agora, quem é o que.

 Aí se faz o encontro de nossas almas que, agora,

 Em gozos múltiplos, lança-se neste turbilhão de prazer...

Se a noite, menina se vai, abraçados ficamos a espera do amanhecer quando,

 Agora, sob a luz do sol, voltamos a ser amantes,

 Saudando a natureza e tudo que esta ao nosso redor

 E, que agora, cheira amor, aroma de nossos corpos...

 

Cristal Solitário